Dicas de como economizar água

“Pequenas economias somadas dão grandes resultados.

No banheiro:

  • É o lugar onde mais se consome água em uma residência.
  • Feche a torneira enquanto escova os dentes, faz a barba ou ensaboa as mãos.
  • Não tome banhos demorados. Tente limitar em 6 minutos. Desligue o chuveiro enquanto se ensaboa. Só ligue o chuveiro depois de tirar toda a roupa.
  • Uma válvula de privada gasta muita água em um único aperto. Não acione à toa e aperte somente o tempo necessário. Mantenha a válvula regulada.
  • Não jogue lixo no vaso sanitário (fio dental, cabelos…). Evite entupimento.
  • Na hora da compra, dê preferência às caixas de descarga no lugar das válvulas. Adquira modelos de baixo consumo de água.
  • Em banheiros públicos use a água de torneira também com moderação. Vários centros comerciais já instalaram sensores ou torneiras que fecham automaticamente a fim de evitar o desperdício deste importante recurso natural.

 

Na lavanderia

  • Deixe a roupa acumular e lave tudo de uma vez.
  • Se for lavar a roupa na mão, feche o tanque, coloque as roupas de molho em água e sabão e só use água corrente para enxaguar.
  • Feche a torneira enquanto ensaboa e esfrega a roupa.
  • Não use sabão em excesso para evitar maior número de enxágues.
  • Só use a máquina de lavar com a carga máxima de roupas.
  • Reaproveite a água da máquina de lavar roupas para lavar o quintal.
  • Reaproveite a água da máquina de lavar roupas para lavar o quintal.
  • Instale aerador (peneirinha) nas torneiras da casa para reduzir a vazão.
  • Não exagere no uso de produtos de limpeza, como a água sanitária que contém cloro. Use com moderação, de acordo com as recomendações dos fabricantes.

 

Na cozinha :

  • Antes de lavar a louça, limpe pratos e panelas e deixe-os de molho.
  • Feche a torneira enquanto ensaboa a louça.
  • Se usar máquina de lavar louça, só ligue quando estiver cheia.
  • Deixe as verduras em água com um pouco de vinagre por alguns minutos antes de lavar.
  • Utilize sabão ou detergente biodegradáveis, que não poluem os rios porque se decompõe mais facilmente.
  • Ao comprar máquina de lavar roupas ou lavar pratos, verifique no manual o consumo de água do produto.

Não jogue óleo de frituras ou restos de comida em pias ou na privada pois pode causar entupimentos e dificulta o tratamento do esgoto. A Sabesp orienta para colocar o óleo em um recipiente bem fechado para não vazar (garrafa) e depositar no lixo comum (orgânico). Outros especialistas afirmam que o ideal é procurar um posto de coleta próximo.

 

No jardim, no quintal, na calçada:

  • Ao lavar o carro use o balde com pano em vez de mangueira. Procure lavar menos o carro, principalmente na época de falta de chuvas.
  • Não regue as plantas em excesso ou com mangueira. Use um balde ou um regador. Não regue nas horas mais quentes do dia ou quando estiver ventando muito para evitar a perda de água pela rápida evaporação. Molhe a base das plantas e não as folhas.
  • Não use mangueira para limpar a calçada e sim uma vassoura. Quando necessário, use um balde no final da limpeza.
  • Procure aproveitar a água das chuvas. Capte-a na saída das calhas. Use para regar o jardim ou limpar a casa.
  • Em vez de cimentar todo o quintal, deixe um espaço para jardim e ajude a água da chuva a infiltrar-se na terra.
  • Mantenha a caixa d`água limpa. Ela deve ser lavada pelo menos a cada 6 meses.

 

Verifique os vazamentos:

  • Torneira pingando desperdiça muita água. Sempre que necessário troque o “courinho”.
  • Verifique o vaso sanitário jogando cinzas no fundo da privada. Se houver movimentação é porque há vazamento na válvula ou na caixa de descarga.
  • Para detectar vazamentos como canos furados, mantenha os registros abertos e feche todas as torneiras e saídas de água do imóvel, não use o sanitário e observe se o relógio de água (hidrômetro) se altera depois de uma hora sem uso de água.
  • Observe se não há manchas de umidade nas paredes.
  • Conserte os vazamentos de imediato, assim que forem notados.

 

Quanto desperdiça:

  • Escovar dentes com torneira aberta = 80 litros
  • Lavar louça com torneira aberta = 100 litros
  • Lavar carro com mangueira em meia hora = 560 litros
  • Lavar calçada com mangueira = 280 litros
  • Banhos longos = 95 a 180 litros

Feche bem as torneiras para que não pinguem.”

Fonte: Caesa | https://bit.ly/2GZc1SY

Compartilhe: