Como recuperar a água cristalina na piscina

“Mantenha a alcalinidade e pH dentro da média ideal, para evitar o aparecimento de algas, que são as responsáveis por deixar a água com cor esverdeada.

Passo a passo
Para eliminar a água de tom esverdeado da piscina e deixá-la limpa e cristalina novamente, faça o seguinte procedimento:

– Providencie kit com medidor de cloro e pH, escova adequada ao tipo da sua piscina, algicida, cloro e clarificante, vendidos em lojas especializadas.

– Meça a alcalinidade total, verificando se a mesma en­­con­­tra-se na faixa entre 80-120 PPM (partes por mi­­lhão). Ajuste-a, se necessário, conforme instruções do fabricante.

– Meça o pH, verificando se encontra-se na faixa entre 7.0 e 7.4. O ideal é mantê-lo em 7.0. Ajuste-o, se necessário.

– Escove o fundo e as paredes da piscina com escova apropriada para o tipo da piscina (fibra de vidro, painel de resina ou revestidas de gesso ou azulejo).

– Adicione 7 ml/m³ (105ml) de algicida ou filtre durante uma hora.

– Faça uma supercloração com 14 g/m³(210g) de cloro granulado.

– Filtre a piscina por mais uma hora.

– Adicione 6 ml/m³ (90ml) de clarificante, para decantar a água.

– Filtre por seis horas ou conforme instruções do fabricante do filtro.

– Deixe a água repousar por 12 horas para iniciar o uso normalmente.

As algas são o terror das pis­­cinas, as maiores causadoras de reclamações dos proprietários. Mi­­cros­­cópicas, elas se reproduzem rapidamente. O problema é que não há como prevenir que se instalem, porque são inevitavelmente transportadas pelo vento, chuva e até por seus usuários. Tempera­tura da água, nível de pH excessivamente alto e baixo nível de cloro são condições fa­­voráveis. As algas por si só não são nocivas, mas elas fornecem nutrientes que alimentam as bactérias, que podem transmitir doenças aos banhistas. Com a ajuda do especialista em tratamento de água Fábio Forlenza, da HTH Piscinas, o Dr. Piscina, a Gazeta do Povo traz dicas de como recuperar a transparência da água e manter a piscina em condições saudáveis de uso todos os dias, durante o ano todo. “Mesmo no frio devemos vigiar o pH da água e o cloro, além de escovar bem as paredes e aspirar o fundo da piscina”, explica Forlenza, que lembra que o tratamento também ajuda a prevenir a formação dos ovos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.

É possível ter uma piscina pronta para o uso em menos de 24 horas. Veja no quadro acima como fazer o tratamento.

Cuidados

Tenha piscina limpa durante o ano todo

É importante manter a piscina limpa em qualquer estação do ano, para garantir que esteja em boas condições de uso inclusive em dias inesprrados de calor. Para isso, Forlenza recomenda filtrar a água diariamente. “Os procedimentos de limpeza devem ser dosados semanalmente, para evitar o desenvolvimento de larvas de mosquitos e de algas”, orienta. A limpeza das bordas e a aspiração do fundo é indicada a cada 15 dias. Outra dica dop especialista é desmontar as escadas e colocar uma cobertura de proteção contra detritos e sujeiras.”

Texto: Ana Carolina Nery | Fonte: Gazeta do Povo https://bit.ly/2mgTPwp

Compartilhe: