Medindo o volume da piscina

“Determine a largura e o comprimento da piscina para saber a área da superfície. Com uma fita métrica, descubra a largura e o comprimento exatos, caso você já não os saiba. Multiplique os dois números (um pelo outro) e você terá a superfície. O processo é mais fácil com uma piscina retangular.

  • Se a piscina for circular, meça o diâmetro dela e divida-o por 2 para saber o raio. Multiplique a raiz quadrada do raio por pi (π), que equivale a 3,14.
  • Caso a piscina seja triangular, multiplique o comprimento da base pela distância entre a base e o ponto mais longe dela. Divida o resultado por 2 e você obterá a área da superfície.
  • Se sua piscina tiver um formato irregular, você precisa encontrar as médias para cada medida. Meça os comprimentos mais curtos e os mais longos e some-os. Divida o resultado por 2 e você terá o comprimento médio. Repita o processo com a largura.
Faça a média da profundidade. Com uma fita métrica, meça a profundidade da piscina nas duas extremidades. Com o ponto mais fundo e o mais raso em mãos, será fácil saber a profundidade média. Basta dividir esse número por 2.

  • Caso sua piscina tenha uma profundidade uniforme, não será necessário tirar uma média.
Multiplique a área da superfície pela profundidade para encontrar o volume. O resultado da multiplicação será o volume em metros cúbicos.
Multiplique o volume por 1.000. Em cada metro cúbico, há 1.000 litros de água. Multiplique o volume por esse número para saber a quantidade de água comportada pela piscina em litros.”
Fonte: WikiHow shorturl.at/qrMR8

Compartilhe: